Você sabia que estes 7 alimentos aumentam a sua pressão arterial?

0
18

É bem provável que você saiba que alimentos com muito sal elevam a pressão arterial, algo muito prejudicial para quem sofre com hipertensão. Por outro lado, eles também podem ser a salvação para quando a pressão abaixa demais, causando indisposição, tonturas e até mesmo desmaios. Mas você sabe por que isso acontece?

O sal é conhecido quimicamente como cloreto de sódio, e é justamente o sódio o principal fator da elevação da pressão arterial. Isso se deve à grande propriedade que esse mineral tem de atrair moléculas de água para o sangue e o líquido extracelular.
Para manter um equilíbrio entre a concentração de sal dentro e fora das células, o organismo acaba retendo mais água (você sente mais sede e não faz xixi depois de comer um alimento muito salgado). Dessa forma, ocorre um aumento no volume de sangue circulando e, em consequência, da pressão arterial.

Contudo, não são apenas os salgadinhos de pacote ou as batatas fritas cheias de sal que podem causar esse efeito. Confira nossa lista e fique atenta, seja sua pressão mais alta ou mais baixa, e utilize os alimentos ao seu favor:

1. Nozes e outras oleaginosas

Nozes, amêndoas e avelãs são uma excelente fonte de vitamina B, um nutriente indispensável para a manutenção de uma pressão arterial bem equilibrada. Na falta dessa vitamina, podemos sofrer quedas de pressão, tonturas e desmaios. Da mesma forma, consumir esses alimentos de forma exagerada pode resultar em um aumento indesejado da pressão.

2. Salame e outros frios

Salames, salsichas, presuntos, mortadelas e outras carnes frias costumam ser ricas em gordura e sal. Enquanto um pedaço pequeno pode ajudar a restabelecer o bem-estar de uma pessoa que esteja com a pressão baixa, certamente esses não são os melhores alimentos para quem sofre com pressão alta.

3. Café, chá e refrigerantes

O café e até mesmo alguns chás e refrigerantes que contêm cafeína podem causar um aumento na frequência cardíaca, o que acaba elevando também a pressão arterial. Pessoas que precisam controlar a hipertensão não devem abusar dessas bebidas.

4. Chocolate

O chocolate contém uma substância chamada teobromina, um estimulante que age de forma semelhante à cafeína. Comer um ou dois quadradinhos de chocolate amargo pode ser uma boa forma de dar um gás para pessoas com a pressão baixa, mas, novamente, quem sofre com pressão alta não deve exagerar no consumo desse alimento.

5. Carnes em geral

Lembra quando você se sentia fraca e sua mãe dizia que você deveria comer um bife? Realmente, a carne vermelha é um excelente alimento para aliviar crises de pressão baixa devido ao seu conteúdo de gordura e sódio. Porém, se consumida em excesso, ela pode aumentar seus níveis de colesterol e triglicerídeos, independente se sua pressão for alta ou baixa.

6. Energéticos e isotônicos

Essas bebidas são cheias de minerais, incluindo o sódio, e por isso elas podem aumentar a pressão arterial. Além disso, os energéticos ainda costumam conter cafeína, que acelera o coração e pode causar crises hipertensivas.

7. Bebidas alcoólicas

O vinho tinto contém flavonoides, substâncias com poder antioxidante que protegem o coração e o sistema cardiovascular. Por isso, tomar um cálice de vinho tinto por dia pode ser um fator de proteção.
Entretanto, abusar de qualquer bebida alcóolica, incluindo o vinho, trará uma série de problemas de saúde muito graves, inclusive piorando quadros de hipertensão. Dessa forma, pessoas que sofrem com pressão alta crônica devem evitar o álcool.
Manter uma alimentação equilibrada, rica em verduras, legumes e frutas, cereais integrais e carnes magras, é sempre a melhor forma de preservar nossa saúde. Tudo aquilo que for consumido em excesso pode causar prejuízos ao nosso organismo; por isso, a palavra-chave é a moderação.

Escrito por Raquel Praconi Pinzon

Faça um comentário