O corpo humano e a dieta

0
17

O corpo humano é uma coisa maravilhosa. Adaptou-se ao longo de milhões de anos para o ambiente ao nosso redor. O corpo continuou a prosperar através de calor e frio, escuro e luz e festa e fome. É este último conjunto de condições que é mais importante para indivíduos tentando perder peso. Por quê? O corpo tem aprendido a acumular energia em tempos de fome. Quando cai a ingestão de alimentos, o corpo não sabe e não se importa, se você é dieta ou simplesmente incapaz de encontrar comida suficiente.

Nestas circunstâncias, o corpo começa a acumular gordura corporal como espécie de uma apólice de seguro contra os próximos tempos difíceis. Se a redução de calorias significa que algo tem que ir de peso, o corpo não está dando certo até que o seguro. De maneira nenhuma. Em vez disso, o corpo vai começar a sacrificar o tecido muscular saudável. Assim, com a maioria das dietas de moda passageira e/ou acidente, ele não é gordura que está sendo perdida, é tecido saudável. Logo que alimentar os aumentos de consumo e ele são sempre será com essas dietas, o corpo começa felizmente recuperando o tecido muscular tudo o que perdeu e, você adivinhou, todo o peso perdido remonta à direita. É por isso que exercício e perda de peso tem que ser parceiros em qualquer sucesso a longo prazo peso perda programa.

Exercício e perda de peso trabalhar de mãos dadas com as adaptações evolutivas do próprio corpo para garantir a perda de peso bem sucedida e saudável. O exercício físico regular aumenta o metabolismo do corpo, para que calorias são queimadas com mais eficiência. Este aumento no metabolismo, por sua vez, envia uma mensagem clara para o corpo que qualquer redução na ingestão de alimentos não é motivo para alarme. Em vez do corpo atributos corretamente a queda de calorias para o aumento da atividade provocado pela exercício regular. Nestas circunstâncias, o corpo não acumular gordura como um avarento. Em vez disso, ele queima de gordura corporal como se não houvesse amanhã em um esforço para manter-se com a procura de energia. O resultado é a perda de peso naturalmente eficiente. O peso sai e fica fora. Isto é por que exercitar e perda de peso são a chave para o sucesso fazendo dieta.

Mitos e verdades
Mito: é proibido comer depois das 20h para não acumular gordura
A verdade: seu corpo não sabe a diferença entre o café da manhã ou o jantar. Por isso, a refeição da noite anterior vai entrar no sistema e ser usada nas atividades da manhã seguinte. Mas fique atento: quando estamos cansados, é comum ingerirmos alimentos calóricos. Se você é desses e não abre mão do lanchinho da noite, deixe opções prontas na geladeira (como frutas cortadas ou legumes semi-cozidos) para saciar a fome sem botar a perder a dieta.

Mito: comer pequenas porções de alimentos acelera o metabolismo
A verdade: alguns alimentos, incluindo os que contém cafeína, podem fazer o corpo queimar mais calorias. Mas o efeito é pequeno demais para ajudar a perder peso. O que influencia esse processo na verdade é a composição do corpo e o tamanho. Pessoas com maior percentual de massa magra no corpo conseguem queimar mais calorias. Ou seja, invista em modalidades como musculação, pilates e ioga, que estimulam a musculatura do corpo.

Mito: massas fazem você engordar
A verdade: carboidratos são fonte importante de energia para o corpo. O problema é que as pessoas tendem a comer demais desse alimento junto com outros ingredientes – como molhos e carnes – que contém ainda mais calorias. Pense no macarrão (ou outra massa de sua preferência) como um ingrediente e não a base da receita, misturando com outros alimentos como vegetais e carne magra. Também prefira as opções integrais, que vão manter a fome longe por mais tempo.

Mito: café pode ajudar você a perder peso
A verdade: o café pode momentaneamente diminuir o apetite, mas não é suficiente para ajudar no emagrecimento. Pior: se você tomar muito da bebida, pode ficar ansioso ter problemas de pressão arterial. Outro problema de exagerar na cafeína é que ela altera o padrão de sono e, cada mais, estudos relacionam a perda de peso com boas noites de descanso. O ideal é manter o consumo (incluindo de chás) em duas xícaras por dia. Se adicionar açúcar ou chocolate, não se esqueça de contabilizar as calorias.

Mito: leite pode ajudar você a perder peso
A verdade: o cálcio faz bem aos ossos, mas não interfere no acúmulo de gordura no corpo. Na verdade, alguns estudos ligaram o consumo de leite com uma maior ingestão de calorias. Não deixe de consumir laticínios, mas prefira as versões light ou desnatado. Se a ingestão de cálcio for o seu foco, é possível encontrá-lo em vegetais de folha escura (espinafre, brócolis, couve etc.)e produtos enriquecidos com o mineral, como leite de soja e suco de laranja.

Mito: fazer dieta é a melhor forma de emagrecer
A verdade: a curto prazo, o corpo de fato vai perder peso. No entanto, medidas temporárias causam perdas temporárias, e as chances de engordar novamente são grandes. Por isso, o melhor é fazer uma reeducação alimentar e manter a nova alimentação. O plano funciona melhor se aliado a exercícios físicos, que não apenas ajudam a perder os quilos a mais como também a manter o corpo magro.

Mito: comer proteínas e carboidratos separadamente ajuda a perder peso
A verdade: não existem provas de que comer apenas determinado grupo de alimentos em cada refeição ajuda a emagrecer. Na verdade, unir proteínas com carboidratos integrais (que contém muita fibra) é a melhor maneira de manter o estômago cheio e a fome longe. Apenas saiba escolher: prefira proteínas sem gordura saturada (como carne branca) e carboidratos integrais ou vegetais e frutas. Como demoram mais para serem digeridos, a energia será liberada aos poucos no organismo e a fome vai demorar a bater.

Veja também:
A obesidade
Dieta de 2 dias

Faça um comentário