Enem oferece cinco oportunidades para jovens, diz Dilma

0
32

O Ministério da Educação abre nesta semana as inscrições para o Enem, Exame Nacional do Ensino Médio. Além de servir como critério de seleção para acesso a universidades, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o desempenho na prova ajuda os jovens em outras quatro oportunidades, como explicou a presidente Dilma Rousseff nesta segunda no programa “Café com a presidenta”.

Os jovens que estudaram em escolas públicas e que têm renda mensal de até três salários mínimos por pessoa da família podem usar sua nota no Enem para ter acesso ao programa de bolsas de estudo em universidades privadas, o ProUni. Segundo Dilma, o programa já concedeu 1,4 milhão de bolsas integrais ou parciais.

O Enem também ajuda para a contratação do Fies, programa de financiamento estudantil que oferece crédito para quem quer estudar em universidades privadas.

O Ciência sem Fronteiras é outro programa que usa a nota do exame para selecionar jovens que queiram fazer intercâmbio em universidades fora do Brasil. Até o final do ano, o programa fará duas seleções, uma em setembro e outra até o final de dezembro, como contou Dilma.

A quinta oportunidade para os jovens aproveitarem a nota do Enem é o Pronatec, programa de acesso a cursos técnicos de nível médio, que neste ano ofereceu 300 mil vagas aqueles que concluíram o Ensino Médio e fizeram a prova de seleção do Sisutec, Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica.

“O Enem é o instrumento fundamental para abrir oportunidades para todos os jovens”, concluiu a presidente.

Segundo Dilma, 7,1 milhões de brasileiros se inscreveram no Enem do ano passado e o número cresce a cada ano. As provas serão realizadas nos dias 8 e 9 de novembro em 1.699 cidades de todo o Brasil. As inscrições devem ser feitas pelo site enem.inep.gov.br.

Faça um comentário