Embrapa desenvolve “hambúrguer de caju” com fibras que antes eram descartadas

0
513

Hambúrguer de beterraba, coxinha de jaca e ovos feitos com microalgas são apenas algumas das delícias veganas. Mas e que tal um hambúrguer de caju?

As fibras do caju são geralmente descartadas nas fábricas de suco, mas a Embrapa Agroindústria Tropical no Ceará desenvolveu uma maneira de reutilizá-las: criando duas formulações de hambúrguer cujo principal ingrediente é exatamente essas fibras.

A primeira receita criada busca a produção industrial, sendo misturada com proteína de soja, além de outros ingredientes, e requer equipamentos industriais.

Já a outra tem como base proteica o feijão-caupi (também conhecido como feijão-de-corda) e foi planejada para a produção doméstica, com o objetivo de oferecer uma alternativa de renda a agricultores familiares.

Mudanças no produto
“Percebemos que existiam alguns problemas, que o pessoal reclamava que era muito fibroso, de difícil digestão e o sabor não era lá muito bom. Resolvemos fazer algumas misturas com outros produtos para aumentar o teor de proteínas e melhorar a questão sensorial”, explica Janice Lima, pesquisadora da Embrapa, em entrevista à Tribuna do Ceará.

“Usamos tanto a massa de feijão – semelhante a massa do acarajé -, quanto a proteína isolada de soja. Um pensando em uma produção mais caseira e o outro pensando numa produção mais industrial”, completa.

O hambúrguer de caju tem apenas metade das calorias do seu similar de carne bovina e pode ser uma boa alternativa para compor dietas com restrição ao consumo de proteína animal.

Tá servido (a)? Veja a receita aqui.

Faça um comentário