Convivo com alguém muito diferente de mim. E agora?

0
51

Enquanto temos lugares extremamente quentes, há os que são extremamente frios.

Na fauna temos as espécies que voam a pontilhar o céu, mas temos ainda uma infinidade que mergulham nas águas dos mares, rios e lagos.

Há uma enorme diferença entre os animais que correm, são ligeiros, e os que são lentos e até rastejam.

Temos os que são enormes e vistos até de longe, mas há os pequeninos, vistos somente por olhos bem observadores.

Essa diferença está presente em tudo, no paladar, nos sons, nas cores e principalmente nos seres humanos.

Aprender a lidar com quem é, pensa, age ou reage muito diferente de nós é uma arte que deve ser aprendida por todos.

Normalmente esperamos do outro aquilo que somos e damos, ou seja, se você é muito trabalhadora e responsável, espera do outro que também seja.
Se é pontual com seus horários, então não suporta atrasos…só que na prática isso não funciona.

Criamos tantas expectativas com respeito as pessoas e acabamos frustradas, porque ninguém pode ser ou fazer igual ao que queremos, somos todos muito diferentes.

Nossa dor é só nossa, não adianta buscarmos consolo ou querer que as pessoas nos compreendam exatamente como estamos sentindo, porque ninguém conseguirá.
Mas, a alegria pela vitória também é muito íntima, ninguém a sentirá com tanta propriedade como nós.

Talvez hoje você sofre porque não consegue conciliar diferenças. Vive isso em casa, no trabalho, nas amizades, na igreja e por isso tem buscado até ficar só.

Desista de convencer as pessoas acerca de alguma coisa, não brigue pelas suas convicções, quem vence uma discussão normalmente é o mais fraco.

Se você escolheu fazer “aquela dieta”, mas o parceiro não, siga sua fé em silêncio e suporte mesmo que ele ligue a televisão no quarto.

Se no assento ao lado na igreja alguém critica o que você crê ou tem que conviver com alguém que frequenta os cultos só a procura de defeitos, não se deixe levar pelo espírito dela.

Se você tem fé para sacrificar e o amigo acha que você é um tolo, deixe sua vida mostrar com resultados.

Se no trabalho você quer trabalhar, mas o colega insiste em enrolar, faça sua parte.

Para ter uma boa convivência e evitar tantas decepções, não deixe que as atitudes e escolhas do outro interfiram na sua vida e nem espere muito das pessoas.

Se hoje você é obrigado a conviver com alguém muito difícil, não queira ser a consciência dela, lembre-se que tudo passa e o que ficará destes dias, será uma grande e boa experiência de vida. E quando precisar tomar posição seja firme, mas sempre educado.

Tem gente que é uma verdadeira faculdade, só que diploma poucos alunos, rs. Depois que tudo passar você vai dar boas risadas do que chora hoje e ainda terá uma grande formação para ajudar outros.

Se valeu à pena, que tal recomendar esta leitura a alguém.

Faça um comentário