Como Fazer Craquelê com Cola – Passo a Passo

0
57

A técnica de craquelê tem origem francesa e é a responsável por aquele efeito de rachaduras e ranhuras, como se o tempo tivesse atuado severamente nas peças. As superfícies craqueladas ganham um aspecto de “antiguinhas”.

Utilizando essa técnica, como num passe de mágica, você pode renovar peças sem vida e sem graça, dando à elas um ar vintage, bem charmoso e elegante. Você pode produzir esse efeito de muitas maneiras, mas hoje vamos ensinar como fazer craquelê com cola, uma técnica mais fácil, menos trabalhosa e muito mais barata.

Descomplicando o Processo

Com os kits de craquelê disponíveis no mercado, o resultado, muitas vezes, não é o desejado. Além do preço “salgado” do kit, o processo pode ser bem complicado e demorado, sobretudo, para quem está começando.

Por isso, fomos pesquisar uma técnica mais acessível e menos trabalhosa para que você consiga o mesmo efeito. E descobrimos que, com cola branca e tinta PVA, facilmente encontrados em lojas de artesanato, conseguimos reproduzir o mesmo acabamento, com menos tempo e trabalho, além do menor custo.

Nessa técnica, a cola branca faz o papel do verniz craquelador vendido no mercado, dando o mesmo aspecto de rachaduras para as peças em MDF, cerâmica, madeira e vidro. Vamos aprender? Mãos à obra!

Técnica de Craquelê com Cola

Materiais Necessários

  • Tinta PVA de cores contrastantes (exemplo: azul marinho e azul claro; vermelho cereja e rosa; preto e cinza);
  • Cola branca (dê preferência para a cola Cascorez de rótulo azul);
  • Peça em MDF, madeira, vidro ou cerâmica;
  • Pincéis para aplicar a cola e a tinta, sendo um de cerdas macias;
  • Secador de cabelos.

Passo a Passo

1. Prepare a peça, pintando toda ela com base acrílica para dar o fundo. Uma boa opção é usar a Base Acrílica para Manualidades da Acrilex.

2. Após a secagem do fundo, pinte a peça com a tinta PVA mais escura. Cubra totalmente a peça.

3. Espere secar completamente e passe uma camada de cola (você pode escolher: se quiser o efeito craquelado mais delicado, passe uma camada fina, se quiser o efeito das rachaduras maior, deixe uma camada mais grossinha.

4. Sem esperar secar a cola, misture um pouco de água na tinha PVA mais clara (para que ela fique mais ralinha), e, com o pincel macio, pincele com suavidade sobre a cola. Lembre-se que deve ser de leve mesmo, para não tirar a cola do lugar.

5. Para conseguir o resultado mais rapidamente, seque com o secador de cabelo ajustada no ar quente. Aos poucos, você vai perceber que o efeito craquelado vai surgindo e a cola vai ficando transparente.

6. Pronto, sua peça já está craquelada! Agora é só esperar secar por completo e aplicar verniz em spray caso queira que sua peça dure mais.

Obs.: Esse tipo de craquelê não serve para craquelar figuras, só para craquelar a própria tinta. Os materiais que melhor recebem a técnica de craquelê com cola são a madeira, o MDF e a cerâmica.

Fonte: Revista Artesanato

Faça um comentário